Esse é um desenho que fiz há uns vinte dias e que nem ia postar por aqui, mas ontem na hora que eu e os meninos  da agência estávamos na lotérica, apareceu um doido, gritando com a moça do caixa e fazendo que ia matá-la com seu revólver de dedos. Achei muita coincidência e resolvi adaptar o desenho.